Deixo a organização do Lockdown

Faço este post para vos dizer que me retiro definitivamente da organização de torneios, mais em concreto, de organizar o Lockdown, que era o único que ainda era organizado por mim.
Sei que o desaparecimento do Lockdown é uma perda grande para a comunidade e a decisão não foi tomada de ânimo leve, mas por vários motivos, sendo os principais pessoais, foi assim que decidi.

Portugal fica assim sem um "major".
Apesar de pequena, temos alguma presença no panorama europeu e o Lockdown tem um nome lá fora.
Por isso mesmo, se alguém quiser pegar na "marca" Lockdown e dar-lhe continuidade, têm o meu apoio.
Por outro lado, se alguém pretender criar algo novo, também acho uma opção interessante com as suas vantagens.

De qualquer forma estou aí para ajudar quem vier com vontade de fazer algo, seja ao nivel logistico, contactos com patrocinadores, empresas de jogos, etc.
Qualquer questão ou ideias que tenham podem falar comigo e tentarei ajudar como for possivel.


PS: não façam grande alarido desta situação "para fora". A comunidade não tem nada a ganhar de um drama excessivo relativo a isto.
O EFT também era muito importante na comunidade e também se conseguiu uma transição com sucesso.

Comments

  • edited December 2018
    Quando o último EFT foi o meu primeiro grande Torneio, nao pensei que 8 anos depois ia estar numa posição semelhante a quem organizou esse. Com as 6-7 pessoas que começámos, e com o grupo que acabámos em 2018, idealizámos e corremos eventos dos quais me orgulho ter feito parte, mesmo com os precalços anuais.

    Fizémos mais e melhor do que quem fez antes, e de todos nós o Obake foi o que mais tempo, suor e dinheiro investiu em se certificar que o Lockdown foi uma série de eventos que nunca vai ser esquecida enquanto esta comunidade existir. Nem por nós, nem pelo pessoal que visitou o nosso país.

    Falo por todos quando digo: obrigado pela dedicação e acima de tudo competência com que trabalhaste no Lockdown. Especialmente nestes último 2/3 anos onde nos carregaste todos às costas. We had a good run!

    Agora para as figuras misteriosas que virão:
    O que vier a seguir não tem de ser maior nem melhor do que o que veio antes. Quando o Lockdown começou em 2011 fizémo-lo porque sentimos que tinha de ser feito. Havia o espaço, havia interesse e havia 6-7 pessoas com vontade de o fazer acontecer.
    Não pensámos ter apoios de companhias.
    Não pensámos ter cá a Lenda Viva que é o Daigo.
    Não pensámos aparecer na televisão.
    Nem stream havia e para ser honesto nem me lembro de termos falado sobre isso na altura (foi antes do V2).

    Disregard that, estou velho:


    Mas foi feito, e eventualmente cresceu. Portanto se quiserem fazer algo, façam-no, seja grande ou pequeno, e não se esqueçam que tem pessoal com alguma experiencia já para vos ajudar.
  • Uma das cenas que me fez checkar o PTF durante a deadzone de 2015 foi saber que pouco tempo antes tinha estado cá o Louffy, pouco depois de ser Evo champ.

    No primeiro Lockdown que fui competir, realizei um dos meus sonhos de jogar contra o Daigo e não ser 100% free.

    Se não fosse o Lockdown, provavelmente não tinha voltado aos fighting games, não teríamos tantos momentos ESPETACULARES, e quase todos aconteceram porque estavas a puxar os cordelinhos por trás.

    Por isso tudo e mais um pouco, obrigado obake por todo o teu trabalho ao longo dos anos. <3
  • O Lockdown 2011, o primeiro de todos, foi o meu primeiro major, e ainda hoje uma das melhores experiências que alguma vez tive em qualquer fase da minha "carreira" na FGC.

    Alguns desses momentos foram decisivos para que continuasse na comunidade. A partir daí os Lockdowns foram sempre a subir, não só por jogar os jogos, mas também pela comunidade e todo o trabalho envolvido à volta destes eventos para que estivessem ao nível que estiveram.

    Um grande obrigado por todas as memórias!
  • Memories.
    Não fiquei em 2º, roubei o envelope.


  • Obrigado por o bom trabalho.

    Que seja uma mudança para algo que mantenha a cena e não o fim dos majors.

    Acredito que vamos continuar a ter algo.

    👍
  • Não sei bem a história da FGC de Portugal, porque só participo apenas há cerca de 2 anos, mas para mim Lockdown foi sempre o evento que naquela altura do ano, arranja-se tempo com antecedência para poder ir sem falta.

    Eu não tenho bem forma de mostrar a gratidão que tenho das oportunidades que o Lockdown dá aos jogadores. Digo só que respeito imenso e aprecio o trabalho e dedicação do Obake.
  • edited December 2018
    O EFT 2010 foi, tecnicamente, o meu primeiro torneio no PTF e algo que pensei que não podia evoluir muito mais.
    Mas EVOluiu (hah!). No ano seguinte surge o Lockdown e ultrapassa as expectativas que todos nós tínhamos no que toca a torneios portugueses. Não só em escala e organização, mas também nos momentos que proporcionou à comunidade: nunca nos vamos esquecer de todo aquele hype ao ver as finais serem jogadas no anfiteatro do IPJ.

    A partir de 2012, o Lockdown mudou-se para o hotel VIP Executive de Santa Iria, o qual tem sido a sua casa desde então. O mais incrível é que desde esses humble beginnings, as edições seguintes conseguiram sempre ultrapassar a anterior (Daigo no Lockdown, ainda não acredito xD). Olho para trás e consigo ver todos os pormenores e aspectos melhorados, que não só se reflectiram de ano para ano no Lockdown, mas também na comunidade e nos restantes torneios organizados pelo PTF. E isso deve-se ao trabalho de todos os que contribuiram para o Lockdown ao longo dos anos e, mais em concreto, ao @obake . Muito obrigado!

    Independentemente das razões que nos levaram a juntar ao PTFighters, dos fighting games e opiniões que nos "dividem" hoje em dia, e por mais que tenhamos mudado ao longo dos anos, fico MESMO contente em saber que o Lockdown e todos estes esforços significaram (e continuam a significar) tanto para todos nós. :)
  • Fui ao Lockdown pela 1ª vez em 2013 e desde em tão q todos os anos, Setembro se tornou aquele mês do HYPE, emoções por todo o lado. Tantas memorias q tenho de todos os Locks. Grandes momentos em q participei e vi, outros q tive o prazer de rever graças ao top tier stream. Momentos tipo aquele em q a sala explodiu por causa do AA Ultra do Blanka, o match contra o Daigo, Afonso a fazer red focus vs MettalicMike, Kupo vs Cadeira, Blue a destruir o Marvel 3 com Frank West glitch… etc.

    Podia fazer aqui 1 post enorme sobre os grandes momentos q vão estar para sempre na minha memoria graças ao Lock.

    1 grande obrigado por todo o teu esforço @obake.
  • edited December 2018
    Sa foda o Lockdown, não vou ter saudades nenhumas. Só tenho más recordações!!!
    Foi uma boa jornada :'(
    Estava na altura Obake... Já fizeste tanto pela comunidade.

    Assim como as pessoas que estiveram antes de ti o fizeram, está na hora de passar a tocha à próxima geração. Thanks bro, thanks for everything really.

  • Obrigado por tudo Obake.

    A qualidade dos Lockdown é ridiculamente boa e quero agradecer-te a a ti e a todos que fizeram parte da organização. É o único torneio que me força a jogar sempre um pouco mais, apesar de já não querer perder muito tempo com isto, o Lockdown metia sempre aquela pressão extra.

    Abraço
  • edited January 3
    Muito obrigado por tudo! Dificilmente se teria alcançado o que se conseguiu sem todo o teu trabalho, persistência e empenho não só no Lockdown, mas em tudo.

    P.S.: Ainda me lembro de quando em 2010 fui buscar um desconhecido a Sete Rios que me dizia que era um tipo alto com uma tshirt que eu iria reconhecer logo, e só 2 dias depois é que descobri afinal do que se tratava a tshirt lol e quem diria que esse desconhecido viria a tornar-se o maior impulsionador da comunidade que tivemos desde sempre!

Sign In or Register to comment.